Anfiteatro (Amphitheater)

17719_844177902323662_4759250127912392137_n

Na arena de um anfiteatro desenrolavam-se espetáculos sangrentos, lutas mortais entre gladiadores, combates com animais bestiais e ferozes, exibições da opulência do império romano, exibições do exótico… diversas formas de entretenimento público.

Este sombrio esplendor findou e o anfiteatro de Conimbriga tornou-se fonte de material para a construção da muralha Baixo-Imperial na transição do século III para o século IV.

Volvidos séculos, um espaço outrora de vida, morte, emoções extremas, foi reaproveitado para construções rústicas.

Em Condeixa-a-Velha podem ainda ser vistas abóbadas do anfiteatro. Abóbadas que são a base na qual pequenas habitações foram erigidas no século XX. Abóbadas que foram o teto, com a construção de muros de pedra seca, de palheiros e currais. Curiosas reutilizações que foram abandonadas.

Apenas em 1977 os vestígios do anfiteatro foram relacionados com as restantes estruturas de Conimbriga.

Hoje, adivinha-se um verdadeiro tesouro que espreita discretamente a superfície. Um tesouro imerso e imenso que aguarda ser colocado a descoberto.

(Texto da Newsletter 4/2015)

Visitem-nos nas nossas redes sociais!!!

Facebook

Twitter

Pinterest

Youtube

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s